Praticar exercícios físicos é tudo de bom. Além de fazer muito bem para a autoestima, a prática regular nos deixa muito mais saudáveis e previne diversas doenças, garantindo mais qualidade de vida e longevidade. No entanto, mesmo os mais responsáveis com os treinos podem dar uma pausa. É o seu caso? Você está voltando a treinar?

Redescobrir os hábitos antigos e voltar à rotina da academia pode parecer complicado após um tempo longe da vida fitness, mas é possível retomar o caminho ao seguir algumas dicas básicas — e o mais importante: com muita saúde e sem riscos de desanimar!

Curioso para conhecer quais são essas dicas e saber exatamente como voltar a treinar de forma saudável e segura? Continue a leitura deste post e descubra como isso é possível!

O que pode levar alguém a parar de treinar?

Nossas vidas são repletas de imprevistos e de acontecimentos que estão fora do nosso controle. Por conta disso, mesmo aquelas pessoas mais empolgadas podem, eventualmente, precisar de uma pequena pausa nos treinos rotineiros.

Algumas das principais causas para isso acontecer são:

  • dia a dia corrido e falta de tempo para se dedicar aos exercícios físicos;
  • falta de determinação;
  • cansaço;
  • problemas de saúde;
  • férias;
  • festas de fim de ano;
  • problemas emocionais.

Seja qual for a razão para que suas atividades físicas tenham sido interrompidas, não se desespere: é possível recuperar o foco e voltar a treinar. Isso, no entanto, dependerá da criação de novos hábitos.

Como ocorre a construção de um novo hábito?

De forma resumida, para o nosso cérebro não faz muita diferença se você costumava treinar anteriormente ou se essa é a primeira vez que os treinos são iniciados. No entanto, isso dependerá do quão longa foi a sua pausa das atividades físicas.

A razão para isso acontecer é bem simples: de acordo com alguns especialistas, nossa mente leva pouco mais de dois meses para se acostumar com uma nova realidade ou com um novo hábito — são 66 dias, para ser mais exato. Por isso, algumas pausas podem ser identificadas como uma rotina completamente nova pelo cérebro.

Esse também é o principal motivo para que a maioria das pessoas abandone novas empreitadas pouco depois de iniciá-las. O ânimo inicial normalmente se apaga após os primeiros dias, e isso faz com que a mente não se acostume com a nova rotina.

Por conta disso, persistência é um fator fundamental para aqueles que querem tornar as atividades físicas um hábito, o que vale também para praticantes que tiraram uma folguinha dos treinos. Pouco a pouco, os costumes se tornarão automáticos e voltarão a fazer parte da sua rotina naturalmente.

Quais são as dicas importantes para quem está voltando a treinar?

Como podemos perceber, inserir um novo comportamento na nossa rotina é algo que leva um certo tempo. Por isso, é importante não dar “passos maiores do que as pernas” e respeitar os limites do nosso corpo e da nossa mente — para que as mudanças sejam duradouras e ultrapassem a barreira do famoso “fogo de palha”.

A seguir, passaremos algumas dicas incríveis para que essa transição para a volta aos treinos seja feita de forma segura e saudável, garantindo que seu organismo inteiro se readapte da maneira adequada.

Pegue leve

Dê um passo de cada vez. Repita isso como um mantra, se for necessário. A maior parte dos seres humanos tem uma grande tendência ao imediatismo e quer tudo “para ontem”. Esse é, sem dúvidas, um dos maiores erros cometidos por quem quer voltar a treinar.

Está lembrado dos 66 dias? Mantenha-os sempre em mente e dê pequenos passos, aumentando a carga lenta e progressivamente. Seguir essa dica é essencial para a prevenção de lesões sérias, que podem mantê-lo longe dos treinos por um período ainda maior.

Faça alongamentos

Os alongamentos nunca devem ficar longe de uma rotina de treinos, mesmo que você esteja muito focado e pratique exercícios físicos diariamente. No entanto, eles são ainda mais importantes para quem está retomando a rotina após uma pausa.

Isso acontece porque seu organismo está um tanto quanto desabituado ao esforço extra. Por isso, alongar e preparar os músculos para o que está por vir é um ótimo meio de prevenir lesões e dores, como as lombalgias.

Defina metas realistas

Ainda falando sobre o imediatismo, é imprescindível lembrar que não devemos, em hipótese alguma, criar metas irreais. Propor a si mesmo um treino de três horas por dia no segundo dia de retomada das atividades físicas é pedir para se decepcionar e desanimar.

Crie objetivos realistas e progressivos, sempre tendo em mente o que você realmente pode fazer. Desse modo, a sensação de satisfação e de dever cumprido é garantida, o que fará com que o foco seja mantido em longo prazo.

Planeje o seu dia

Uma das principais causas de desistência ou desânimo nos treinos é a rotina caótica em que vivemos. Na correria do dia a dia, é difícil encontrar um tempo para se dedicar aos exercícios físicos.

Pensando nisso, o planejamento se torna essencial para evitar que novas pausas sejam feitas no futuro — a menos que sejam realmente necessárias. Use e abuse de planners (existem aplicativos para smartphones com essa proposta) e planeje-se de forma eficiente. Seus treinos e sua produtividade geral agradecem!

Cuide da alimentação

Por fim, uma das dicas mais importantes: não descuide, em hipótese alguma, da alimentação. Comer bem e investir em pratos coloridos é imprescindível para todos, mas para quem está voltando a treinar, a importância é ainda maior.

Planeje suas refeições semanais no fim de semana e faça preparos prévios para minimizar o trabalho durante os dias úteis, se necessário. Lembre-se também de caprichar nos prés e pós-treinos para fornecer a energia e os nutrientes que o seu organismo precisa para aguentar toda a carga a que está sendo exposto.

E aí, já está voltando a treinar? Agora que você já conhece as dicas essenciais para retomar os treinos de maneira segura e eficaz, as desculpas e os problemas acabaram! Respeite o seu corpo e os seus limites que os resultados estarão garantidos!

Para não perder os nossos conteúdos e ficar por dentro de todas as novidades do mundo da saúde, alimentação e qualidade de vida, assine a nossa newsletter! Com poucos cliques você receberá todos os novos artigos diretamente no seu e-mail.