Sempre recomendamos aqui a utilização de alimentos naturais que vão te ajudar a adquirir uma saúde mais firme e uma vida repleta de qualidade. Comer saladas é sempre uma boa opção. Além de gostosas, elas são leves, garantem  saúde e uma boa forma aos seus utilizadores. Mas tem gente por aí que utiliza as hortaliças em sua dieta, mas não vê diferenças em seu corpo. Alguns conseguem notar, mas a diferença dá-se nos quilinhos a mais que vêm angariando.

A explicação para esse efeito pode ser encontrada no estilo de molhos e temperos que são adicionados para dar aquele sabor irresistível aos pratos saudáveis. Muitos desses produtos apresentam gorduras em excesso o que faz com que a ingênua saladinha nossa de cada dia seja transformada em uma perigosa bomba calórica. Selecionamos quatro complementos para mostrar para vocês os motivos que eles devem dar “adeus” de uma vez por todas de suas refeições:

308-molho-salada

Croutons – Sua composição apresenta muita gordura pois são assados com óleo. Quando você o adiciona  à salada, pode estar consumindo muito mais calorias do que imagina.

Mussarela de búfala, queijo parmesão e queijo gorgonzola – Têm uma desagradável “habilidade” de agregar muitas calorias à refeição (seja qual for, inclusive as saladas). Para se ter uma ideia, quatro unidades pequenas de mussarela de búfala somam cerca de 121 calorias.

Maionese – Nada como uma boa dose do creme para deixar os alimentos mais saborosos, não é? É uma pena que uma única colher é capaz de adicionar mais de 126mg de sódio à refeição (conheça a Vegetale, a maionese natural da Superbom que apresenta níveis baixíssimos de calorias e zero de gorduras trans).

Batata palha – É muito comum rechear e decorar com batata palha o prato da salada. A questão é a de que a beleza só está no olhar. O aditivo pode custar muitas gorduras a quem o consome. Seu corte faz com que se potencialize a absorção de óleos, repassando as calorias, automaticamente, a quem consome o produto.

Fonte: Ig Saúde