Uma dieta vegetariana pode ser muito benéfica para o planeta e para a própria saúde. Ela não somente elimina alimentos prejudiciais do organismo, mas diminui também os impactos de ações que podem prejudicar o planeta. Por exemplo, 14% dos gases prejudiciais à camada de ozônio se dá por conta dos animais nas pastagens.

Porém, é preciso tomar certos cuidados para garantir que essa dieta não será prejudicial a quem a pratica. Portanto, confira a relação entre o vegetarianismo e o uso de suplementos nutricionais na dieta.

Existe a necessidade de repor nutrientes?

O vegetarianismo é acompanhado de um grande mergulho no aprendizado sobre nutrição, garantindo muito mais qualidade de vida para quem o adota. No entanto, ainda existem muitas dúvidas comumente feitas por quem adota este estilo de vida ou está pensando em transitar para uma dieta sem carne. Existem também muitos mitos que rondam o vegetarianismo. Um dos equívocos mais clássicos é que a pessoa ficará com deficiência de alguma proteína.

É verdade que a proteína existente na carne é mais facilmente absorvida pelo corpo, mas existem inúmeras opções vegetarianas ricas neste nutriente também.

Há apenas um único nutriente que o vegetariano não consegue consumir através da dieta: a vitamina B12. No entanto, se sua dieta incluir leite, ovos e queijos, que são de origem animal, essa vitamina é facilmente adquirida. Em caso de exclusão total destes alimentos, é necessário fazer uma reposição do nutriente a partir do uso de suplementos. O mesmo deve ocorrer caso a pessoa adepta da dieta seja uma mulher grávida.

Com a Superbom, você tem acesso a produtos vegetarianos que garantem a sua saúde e todos os nutrientes que precisa! Confira nossos produtos!

Uso dos suplementos

Mas, enquanto a fala de que o vegetarianismo está associado a uma falta de nutrientes está equivocada, isso não significa que eles nunca serão necessários.

Ao contrário do que se pensa, a dieta vegetariana tende a ser mais nutritiva do que a carnívora. Como o vegetariano tem uma preocupação maior em ter uma dieta completa, geralmente acaba recebendo mais nutrientes do que os onívoros também. Estes últimos, por acreditar que têm todos os nutrientes que precisam, acabam se alimentando mal e sofrendo de falta de nutrientes, como ferro, por exemplo. Por isso, as pessoas que não comem carne possuem 50% menos chances de ter doenças relacionadas ao coração.

Portanto, o uso de suplementos pode ser recomendado para qualquer pessoa, não somente para os vegetarianos. Este público específico deve se preocupar mais com a forma de absorver o ferro, as proteínas e a vitamina B12.

Quais são os nutrientes que devem ser observados?

Além da vitamina B12, existem alguns nutrientes aos quais o vegetariano precisa ficar mais atento. O cálcio, por exemplo, é um nutriente essencial para a saúde dos ossos e, se a dieta for sem lacticínios, é difícil encontrá-lo em outras fontes.

O ômega-3 é outro exemplo de nutriente que também existe no reino vegetal, mas a forma que ele chega às pessoas não é tão fácil de ser absorvida como no óleo de peixe, por exemplo.

O ferro é outro nutriente que também segue esta linha. Ou seja, é mais fácil de ser absorvido quando consumido a partir de um alimento de origem animal. Porém, existem muitas formas de fazer essa suplementação na dieta vegetariana.

Por isso, o vegetarianismo e o uso de suplementos nutricionais na dieta podem se complementar muito bem. Segundo um estudo da Universidade de Franca, esta prática é bem comum. Apenas 10% dos ovolactovegetarianos e 50% do público estritamente vegetariano fazia complemento com a vitamina B12. No total, 74% do público pesquisado, tinha uma nutrição saudável.

Para saber mais dicas de como manter uma dieta saudável e nutritiva, acesse o canal Vida e Saúde no YouTube!