O nosso espaço para debater mitos e verdades sobre a vida saudável está de volta e hoje vamos falar sobre um assunto que, vez ou outra, entra para as discussões do nosso dia a dia. E hoje vamos falar sobre a água, esse liquido tão importante para manutenção da vida na Terra. E para chegarmos à abordagem que vamos dar nesse texto é importante refletir também no dito popular que sempre alerta: “Tudo que é demais, faz mal!”. Será que essa máxima se aplica também ao consumo de água? Muitas pessoas acreditam piamente que isso é verdade. Mas antes de constatarmos se é mito ou não, alguns pontos precisam ser considerados.

Cerca de 60% do corpo é composto por água. E é necessário que ela esteja em perfeito equilíbrio com os demais elementos para que tudo funcione adequadamente. Um exemplo é o sódio, por estreitar a relação com o metabolismo da água. Essa substância, quando em excesso em nosso corpo, pode absorver mais água do que deveria, causando determinados problemas. Por isso que após comermos algo bem salgado temos tanta vontade de nos reidratarmos. Geralmente acontece o mesmo com diversos outros tipos de alimentos que são ingeridos de forma excessiva.

excesso de água faz mal á saúde?

Contrariando muitas crenças e afirmações, o melhor método de você saber que precisa de água é a da sede. O corpo tem um sinal natural e deve ser reabastecido. O que acontece é que muita gente não dá importância para esses sinais e acaba ficando sem água suficiente. Outros, ainda, seguindo a regra dos “X” litros diários de água que devem ser ingeridos, acabam tomando muito mais do que o necessário. Portanto, é sim verdadeira a afirmação de que água em excesso pode causar determinados tipos de problemas. A dica é: equilíbrio é sempre uma boa pedida para a saúde!

Fonte: Uol Saúde