Evite o consumo compulsivo

O estilo de vida minimalista procura se concentrar apenas no que é necessário e importante para viver, o que significa evitar o acumulo de objetos, organizar a rotina e ter mais tempo para fazer aquilo que gosta e estar com quem ama. O minimalismo busca viver com menos, uma simplicidade que surge de forma voluntária e que não tem a ver com falta de dinheiro.

A percepção de que não é preciso de muito para viver feliz, vem motivando muitas pessoas, onde a organização e o uso reduzido de espaço é uma grande dádiva à quem quer se sentir livre de bugigangas e ter mais liberdade.

O lema do minimalista é “não acumular e consumir de forma consciente”. O questionamento diário sobre o que vai comprar e consumir, faz com que possamos refletir sobre a real importância e valor de uso de cada coisa a ser adquirida. O desejo é algo que aprisiona muitas pessoas que sofrem com o consumismo compulsivo, onde mesmo tendo uma bolsa, por exemplo, passam a adquirir um verdadeiro estoque deste acessório, sem nem mesmo fazer o uso de todas elas. A porcentagem de culpa sobre o consumismo compulsivo, vem da mídia e de veículos de comunicação que bombardeiam as pessoas diariamente, para que elas busquem consumir mais do que precisam, sem nem mesmo se darem conta disso.

Existem três perguntas básicas que devem ser feitas antes comprar ou consumir algo: Preciso realmente disso? Preciso disso agora? Posso pagar por isso? Após responder a essas três perguntas, fica mais claro e simplificado o verdadeiro valor daquele objeto na sua vida.

Mas o estilo de vida minimalista não se resume em apenas evitar a compra de bens materiais, mas sim em ter uma vida simples.  Esse tipo de ideologia é mostrada no filme “Na natureza selvagem”, uma história verídica do jovem Chistopher, que deixa todo o conforto para viver de forma simples, sem dinheiro e bens materiais, onde busca realizar o sonho de conhecer o Alaska.  A principal ideia é procurar simplificar a vida e se preocupar menos e aproveitar mais a vida e o tempo que se tem. Acredite, isso ajuda até mesmo em pequenas escolhas, como escolher a cor de uma camiseta a ser usada.

Na natureza selvagem

Leia também:

O minimalismo na prática

Vida minimalista: menos é mais

Minimalismo e algumas verdades sobre a sua aparência

Na busca pelo estilo minimalista de viver, vale aposentar o carro e usar um meio de transporte alternativo, como a bicicleta que pode estar lá, esquecida na garagem. Também vale procurar um emprego mais perto de casa para evitar o longo tempo a ser gasto no caminho, mudar para uma casa menor, ter mais contato com a natureza e com os amigos, ao invés de viver uma vida virtual e restrita enfrente a um computador.

Com certeza, uma vida com atitudes minimalistas oferece mais qualidade, onde é possível dizer a si mesmo que, quem manda em você é você mesmo e não o consumismo!