Você sabia que cerca de 40% dos brasileiros têm intolerância à lactose? O problema, que pode atingir pessoas de qualquer idade, causa preocupação extra em pais e cuidadores quando afeta os pequenos, já que há o temor de que eles não consigam levar uma rotina integrada e feliz.

No entanto, isso não é verdade! Com algumas adaptações simples, é possível evitar que as crianças sofram os desconfortos provocados pela desordem metabólica sem precisar proibi-las de comer seus alimentos favoritos. Entenda melhor!

Afinal, o que é intolerância à lactose?

A intolerância à lactose nada mais é do que uma deficiência do organismo na capacidade de digerir totalmente o açúcar presente em produtos lácteos, também chamado de lactose.

Essa dificuldade é provocada pela ausência ou baixa produção de uma enzima chamada de lactase, que é responsável por realizar a quebra do açúcar que está presente nesse tipo de alimento.

Com isso , a lactose permanece no intestino, provocando sintomas como cólicas, diarreia, inchaço abdominal, gases, flatulência, assaduras, náuseas e vômitos, que se manifestam entre 30 minutos e 2 horas após o consumo de produtos lácteos.

Embora a intolerância à lactose seja um problema incurável, reduzir ou eliminar o consumo desse tipo de produto costuma ser o suficiente para cessar de vez o incômodo.

É importante ter em mente que existem diferentes graus de intolerância à produtos lácteos. Quanto maior for a sensibilidade da criança, maior o desconforto ao ingerir esses alimentos, ainda que isso só aconteça em doses muito reduzidas.

Por isso, o ideal é eliminar de vez os itens com lactose do cardápio para garantir a segurança e bem-estar dos pequenos, especialmente porque já existem no mercado diversas opções para quem convive com o problema.

Como garantir uma alimentação saudável e saborosa para o meu filho?

Riscar queijos, leite, doce de leite, iogurte, sorvetes, chocolates e preparações com creme de leite do cardápio das crianças pode parecer a princípio um desafio intransponível. No entanto, isso não é verdade.

Com criatividade e uma dose extra de atenção aos rótulos de qualquer produto que entre na composição de pratos para os pequenos, é possível criar um menu saboroso, saudável e muito nutritivo. Conheça algumas opções!

1. Laticínios sem lactose

Leite vegetal, leite condensado sem lactose, margarinas, manteigas e queijos sem lactose podem ser encontrados com facilidade em grandes supermercados e, além de muito saudáveis, ajudam a compor receitas muito saborosas para os pequenos.

Com esse tipo de produto, dá para preparar sanduiches, pizzas, hambúrgueres e docinhos que encantam a criançada sem fazer qualquer mal à sua saúde!

2. Kefir

O iogurte preferido de quem se preocupa com uma alimentação leve e saudável é uma alternativa perfeita para as crianças com intolerância à lactose.

Apesar de ser produzido à base de leite, a levedura do kefir, que é acrescentada para realizar a fermentação, consome a lactose durante o processo, o que faz dele um produto bem aceito por quem tem o problema.

Além disso, o alimento tem propriedades probióticas e pode ser consumido puro ou batido com frutas e mel. Perfeito para começar bem o dia ou para aquele lanche no meio da tarde!

3. Pães

Sim! Um dos alimentos preferidos da garotada também pode ser adaptado para aqueles que têm intolerância à lactose. Basta procurar no mercado por marcas que produzem pães com farinha, água e azeite, por exemplo.

Se a criança tiver também intolerância ao glúten, opte por produtos confeccionados com outros tipos de farinha, como a de arroz, de soja, aveia, linhaça e polvilho, por exemplo. Assim, os pequenos não precisam abrir mão nem do pãozinho, nem do bem-estar!

Você pode se interessar por esses outros conteúdos:

Intolerância ao açúcar: a dieta e o dia a dia de quem convive com ela

Afinal, o que é a intolerância à lactose?

Quais os sintomas de intolerância à lactose manifestados na pele?

Conheça alguns cuidados diários para quem tem intolerâncias alimentares

Alergia alimentar: fique por dentro da mobilização por uma alimentação saudável e inclusiva

Como fazer a adaptação em situações de rotina?

Uma criança com intolerância à lactose não precisa levar uma rotina diferente dos coleguinhas por causa do problema. Com algumas adaptações, é possível garantir que os pequenos sintam-se totalmente integrados. Saiba mais!

  • Não se esqueça de avisar a escola e os pais dos amigos mais próximos sobre a intolerância à lactose. À medida evita que a criança acabe ingerindo produtos lácteos por acidente.

  • Vai viajar com a criança de férias? Não se esqueça de colocar na mala alguns produtos chave, que podem servir de base para diversas preparações saborosas para momentos de descontração! Existem no mercado inúmeras opções de queijos sem lactose e leite vegetal que são pontos de partida para pratos deliciosos!

  • Se for comprar uma guloseima durante o passeio, olho no rótulo! Cheque se, além de produtos lácteos na composição, a etiqueta não contém a advertência “pode conter vestígios de leite”. A informação indica que embora o produto não leve a substância na sua composição, outros ingredientes podem ter entrado em contato com leite, o que gera desconfortos em crianças com níveis altos de intolerância.

  • Fique atento também aos produtos menos óbvios. Embora raramente alguém esqueça da presença da lactose em produtos como queijos e chocolates, é bastante comum não se dar conta de que a substância pode estar presente também em salsichas, patês, sopas prontas e comida congelada.

A Superbom possui uma linha completa de produtos para quem sofre de intolerância à lactose. Leites, queijos, geleias, patês, mel e maionese são algumas das opções saudáveis e cheias de sabor para incrementar o cardápio dos pequenos!

Gostou de saber mais sobre os cuidados essenciais para quem tem em casa crianças com intolerância à lactose? Então conheça agora mesmo a linha de produtos Superbom e inspire-se para criar pratos deliciosos para a garotada!