Quem nunca ouviu por aí aquela frase clássica: “você é o que você come”?

Você é? Sim, você é!  

A sua alimentação pode ou não dar a você mais energia, proporcionar um controle do peso corporal, um coração mais saudável, níveis certos de colesterol e pressão, dentre outros aspectos relacionados à saúde do seu corpo. O fato é que uma alimentação balanceada é um dos pontos que define a sua qualidade de vida.   

A importância da alimentação balanceada

Balancear o cardápio está entre as práticas fundamentais da alimentação saudável. Ganha-se, com isso, melhoras na saúde e qualidade de vida.

Comer de forma equilibrada significa ingerir (nas quantias adequadas): 

► Carboidratos – que são utilizados como fonte primária de energia para o corpo. Eles podem ser encontrados em alimentos como arroz integral, batata, batata-doce, milho-verde, aveia, cereais e massas;

► Proteínas – que ajudam na formação saudável dos músculos e, também, do cabelo, unhas e pele, além de colaborar para a regeneração dos tecidos danificados. Aqui, os alimentos tradicionais sãos os queijos, ovos, iogurtes e carnes de frango e vaca. Para quem opta pelo veganismo, no entanto, boas opções vegetais são a soja e o tofu, a ervilha, a quinoa, as leguminosas, como feijão e grão de bico, as sementes de chia, o espinafre e a noz;  

► Fibras – funcionam para regular o intestino e prolongar a sensação de saciedade. Neste grupo estão, em especial, as frutas, verduras e legumes, também o feijão, o grão de bico e a semente de linhaça. 

► Vitaminas – que agem em diferentes sistemas do organismo. Elas são fundamentais, por exemplo, para as respostas imunológicas do corpo. Os diferentes tipos de vitaminas podem ser encontrados em vegetais de coloração amarela ou alaranjada, como batata-doce, abóbora e cenoura (Vitamina A); no leite, mas, também, no feijão, nas folhas verdes, nos cereais integrais, no brócolis e na couve-flor (Vitamina B); em frutas cítricas como a acerola, o abacaxi, e a laranja, e em vegetais de folhas verde-escuras, como agrião, couve-manteiga e rúcula (Vitamina C); no abacate, na semente de girassol e abóbora, na chia, linhaça, castanhas e amêndoas (Vitamina E), dentre outros alimentos;

► Minerais – que são constituintes estruturais dos tecidos corpóreos. O cálcio e o fósforo, por exemplo, formam os ossos e dentes. Eles podem ser encontrados no leite e seus derivados — mas, também, em alimentos como couve, brócolis, tofu, soja, feijão branco e sardinha, no caso do cálcio; feijão, ervilha e lentilha, no caso do fósforo. Outros exemplos de alimentos ricos em uma diversidade de minerais são a noz (cálcio, cobre, ferro, fósforo, magnésio, selênio e zinco), os cogumelos (cálcio, zinco, magnésio) e o abacate ( potássio, magnésio, manganês, ferro, cobre, zinco e fósforo);

► Gorduras (também conhecidos como lipídios) – que, ao contrário do que se pensa, são, sim, essenciais para  o corpo — mas, precisam ser consumidas na medida certa. Além de fontes de energia para o corpo, elas também são fundamentais para a construção das células, proteção dos órgãos vitais, transporte de vitaminas, conservação de temperatura do organismo, dentre outros aspectos. Entre as  principais fontes de lipídios, estão os peixes gordurosos — como o salmão, a sardinha e o arenque — e as oleaginosas, como as nozes, as castanhas e as amêndoas; além do azeite de oliva.

Sem esquecer, claro, da essencialidade da ingestão da água — muita água — nesse processo!  

Você pode se interessar por esses outros conteúdos:

Como uma alimentação balanceada impacta no seu dia a dia?

Como deve ser a alimentação pós-operatório

Entenda os malefícios da ausência de fibras na alimentação

Como equilibrar a quantidade de fibras na alimentação

5 benefícios das frutas e 5 formas de incluí-las na alimentação

Quanto a quem é vegetariano ou vegano

Bom, engana-se quem pensa que quem adere a uma alimentação sem carne ou derivados animais sai prejudicado em termos nutricionais!

Alimentos adotados por vegetarianos ou veganos são nutricionalmente  saudáveis e adequadas; e podem trazer benefícios à saúde para a prevenção e tratamento de doenças. Essa é a conclusão de umas das mais prestigiosas associações de nutricionistas no mundo, a Academia Americana de Nutrição e Dietética (AAND).

“Vegetarianos e veganos têm menor risco de certas condições de saúde, incluindo doença cardíaca isquêmica, diabetes tipo 2, hipertensão, certos tipos de câncer e obesidade. Baixa ingestão de gorduras saturadas e alta ingestão de vegetais, frutas, cereais integrais, leguminosas, produtos de soja, nozes e sementes (todos ricos em fibras e fitoquímicos) são características vegetarianas e veganas que produzem níveis mais baixos de colesterol de lipoproteínas de baixa e total e melhor controle da glicose sérica. Esses fatores contribuem para a redução da doença crônica”, acentuou a AAND. 

A instituição também alertou que “veganos precisam de fontes confiáveis ​​de vitamina B-12, como alimentos fortificados ou suplementos”.

pronunciamento da Academia Americana sobre os vegetarianos e veganos foi feito em dezembro de 2016, e é uma ratificação aos posicionamentos anteriores da instituição. O primeiro foi em 18 de outubro de 1987, depois disso, ele foi reafirmado em 12 de setembro de 1992, em 6 de setembro de 1996, em 22 de junho de 2000, em 11 de junho de 2006 e em 19 de março de 2012. Segundo a AAND, a posição de 2016 está em vigor até 31 de dezembro de 2021.   

Lembre-se, no entanto, que para começar uma alimentação balanceada, com as medidas corretas de carboidratos, proteínas, fibras, vitaminas, minerais e gorduras, uma ótima opção é contar com o auxílio de um profissional da nutrição. Ele também poderá ajudar quem é adepto ao estilo de vida vegetariano ou vegano (ou quem está começando nesse processo) a fazer as substituições adequadas da carne e demais produtos de origem animal — sem afetar os níveis nutricionais necessários para que o organismo execute todas as funções com excelência.

E nós, da Superbom, somos seu parceiro nessa busca por uma alimentação balanceada e mais saudável que leva à maior qualidade de vida. Confira nossos produtos, e saiba onde comprar!