Olhar para o cacau e se lembrar de uma saborosa barra de chocolate é praticamente inevitável. A fruta é a principal matéria-prima do alimento que é quase unânime ao paladar de muitas mulheres. Apesar de deixar água na boca de muita gente, as consequências da apreciação demasiada do produto podem ser extremamente prejudiciais. No meio disso tudo, resta uma única questão: como fazer com que o cacau seja benéfico à saúde?

Vamos responder essa questão em parte, pois o primeiro erro está em afirmar que é o cacau o principal vilão da história. Na verdade, ele em si não traz malefícios, o problema está no processo em que é submetido para se transformar no conhecido doce. Por isso, sua utilização num estágio puro ou minimamente processado resulta em grandes benefícios para o corpo.  Hoje é comemorado o dia do cacau e, por isso, reservamos um espaço para falar um pouquinho sobre as diversas propriedades da fruta.

 fruta é um presente à saúde de quem a consome

Contém flavonóides, que são excelentes antioxidantes que podem ajudar na ação cardioprotetora, anticancerígena e na maior disponibilidade do óxido nítrico que contribui na redução da pressão arterial. Falando de aspectos neurológicos, a fruta é capaz de melhorar a cognição e estimular a liberação de endorfinas (substâncias que melhoram o humor, reduzem a depressão e elevam a disposição mental).

Ele também traz melhoras para os aspectos estéticos como, por exemplo, o papel de fotoproteção que ele desenvolve. Isso significa que reduz o eritema provocado pelo sol. Mas é importante ressaltar mais uma vez que esses efeitos são observados no consumo do cacau puro. O chocolate pode diminuir ou mesmo anular alguns deles nos processo industrializados de fabricação. Então, aproveite para consumir uma fruta saborosa, facilmente encontrada por todo o país e, melhor do que tudo, com diversas qualidades que poderão melhorar a saúde de quem a consome.

Fonte: Blog Nutrir