Hoje é comemorado o dia da Europa. O continente tem o seu encantamento em diversas dimensões sociais e culturais. Claro que a sua culinária influencia a gastronomia mundial. E muitos dos preparados utilizam de ingredientes que são altamente recomendados para uma dieta saudável e carregada de nutrientes. Apesar de serem produzidos por lá, muitos dos vegetais europeus são encontrados em nossos supermercados a preços até bem acessíveis. O Blog da Superbom decidiu listar cinco alimentos que devem compor os seus pratos brasileiros. Papel e caneta em mãos? Então anote todas as propriedades desses alimentos e passe a ter uma dieta mais “europeia” após as preciosas dicas.

Dia da Europa: conheça três alimentos saudáveis cultivados no Velho Continente

Uva – Apesar de cultivada em diversos lugares do mundo, a fruta está intimamente ligada com a história do continente europeu. Pesquisas comprovam que a uva possui propriedades capazes de proteger o organismo contra o câncer, além de combater o envelhecimento. Os especialistas recomendam que, para usufruir de todos os benefícios, é necessário comer a casca e a semente.

Azeitona – Fonte de vitamina E (possui propriedade antioxidante e age contra o envelhecimento precoce). Tem ação anti-inflamatória, protege contra doenças cardíacas, além de elevar o nível de colesterol bom do sangue. A azeitona também é rica em minerais como cálcio, fósforo, potássio, magnésio, enxofre, cloro, ferro, cobre e sódio.

Pêra – A fruta de origem europeia  é rica em sais minerais (ferro, enxofre, silício, potássio, fósforo, cálcio e magnésio), vitaminas A, C e do complexo B. Para os praticantes de atividade física, a pêra é capaz de promover uma rápida renovação de energia logo após os intensos exercícios.

Fonte: Jornal Hoje, Universo Jatobá e Guiame.