Ovos, trufas ou cones de chocolate — brigadeiro, prestigio, mousse de maracujá ou morango. Não são poucas as opções, mesmo para quem é vegano. Basta uma pesquisa rápida na internet para conferir uma variedade de receitas ou indicações de lojas que atendem a essa especificação. 

O fato é que as tentações são muitas! Principalmente no período de Páscoa, quando a maioria das pessoas, ofertam e recebem muito chocolate – e abusam dessas delícias.

É preciso, no entanto, tomar cuidado com os excessos. Certamente, muita coisa sobrou para se transformar em calorias extras. Mas, calma, há luz no fim do túnel! 

Sobrou muito chocolate: e agora, o que fazer? 

Ganhou ou comprou aquele enorme ovo de páscoa vegano sem lactose? Passou da conta na hora de experimentar novas receitas? Exagerou? Está com a dispensa cheia pós-feriado? Então, confira nossas dicas.  

Distribua

Uma das melhores maneiras de se livrar dessas tentações é contar com a ajuda da família, dos amigos, dos vizinhos, dos colegas de trabalho, dos funcionários do seu prédio. Sem pena, sem apego. Se cada um ficar com um pouquinho, todos saem ganhando!   

Tire os chocolates que sobraram do campo de visão

É mais fácil sentirmos vontade quando as delícias estão ao alcance dos olhos, certo? Então, tire os ovos, as trufas, os bombons, os cones e todas as outras tentações do seu campo de visão.

De preferência, coloque em um lugar de difícil acesso — aquele que dá preguiça de ir buscar, sabe? Mas, claro, cuidado com a data de validade dos produtos e mantenha-os em lugares secos e frescos.  

Você pode se interessar por esses outros conteúdos:

Substitua o chocolate pela alfarroba

Cupcake de Chocolate com Amend’s

Aposte em novas receitas

Sempre dá para derreter o chocolate para compor uma nova receita. “Ah, mas, de qualquer forma, vou estar consumindo as calorias…”. Não se você contar com ajuda dos amigos, mais uma vez.

Planeje a noite do chocolate quente, por exemplo. Ou chame aqueles amigos que gostam de cozinhar, e experimentar, para testar uma receita vegana nova com todo esse chocolate. O segredo, aqui, é não economizar na criatividade!     

Tenha disciplina

Em geral, quem é vegano está habituado a ter disciplina. Então, faça isso…tenha disciplina! Hora certa para consumir; quantidade de chocolate permitida por dia, por semana.  

Imponha seus próprios limites e siga-os com seriedade! Uma prática que pode ajudá-lo nesse sentido é criar uma agenda de alimentação

Planejamento pós-feriado

Não é crime comer um pouquinho a mais nas datas comemorativas, afinal, ninguém é de ferro. Entretanto, recuperar o tempo perdido — ou melhor, eliminar as calorias extras ingeridas — é o preço a se pagar para quem está focado em uma alimentação saudável e cuidados com o corpo.

Por isso, planejar-se para o período pós-feriado é essencial. Veja alguns exemplos a seguir.

Voltar, o mais rápido possível, à alimentação saudável

Estipule um dia exato para voltar à dieta ou à rotina alimentar balanceada seguida por você antes do feriado — neste caso, da Páscoa. No entanto, seja mais rigoroso quanto às “escapadas”. Se, antes, você se permitia fugir das regras um dia por semana, por exemplo; agora, reveja essa regalia — ao menos por um período.

Focar nas atividades físicas

Não mate os dias de academia, a caminhada, a corrida ou qualquer outro esporte que você costuma praticar. Pelo contrário, o pós-feriado é o período que você deve ao seu corpo ainda mais dedicação. Se possível, aumente uns minutinhos no treino, se esforce mais para queimar todo aquele chocolate extra consumido. E não esqueça: beba muita água

Mas, claro, respeite os seus limites e dê sempre prioridade à saúde. Exageros são prejudiciais até na hora de se exercitar.

Apostar em um detox pós-Páscoa  

De acordo com o que explicou o nutricionista Henrique Lima, “a detoxificação ocorre, principalmente, pelo fígado, que atua na metabolização de diversas substâncias para depois eliminá-las. Isso é muito importante para o corpo, já que promove a eliminação das chamadas toxinas — substâncias que já são indesejáveis”. 

A recomendação de Lima para o período pós-Páscoa é evitar o consumo exagerado de comidas gordurosas, e apostar na ingestão de alimentos ricos em fibras, capazes de aumentar a sensação de saciedade. Nesse sentido, “os principais componentes em dietas detox são as frutas, como limão e maçã; e hortaliças, como a couve, espinafre e a cenoura; de preferência em versões orgânicas” acrescentou o nutricionista.

Quer saber mais sobre sucos, receitas e dietas detox? Então confira o conteúdo que preparamos para você no blog da Superbom