Muito tem se falado sobre os embutidos de origem animal, principalmente depois que a Agência Internacional de Pesquisa do Câncer (IARC) da Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou  a classificação das carnes processadas como produtos carciogênicos.

Para quem consome itens como bacon, torresmo ou linguiça, por exemplo, o risco de desenvolver um câncer colorretal pode ser comparado ao risco de câncer de pulmão para um fumante.

Nessa lista podemos incluir a salsicha, um alimento conhecido no mundo inteiro, com a qual é possível fazer diversas preparações, sendo a mais conhecida: o famoso “Hot-Dog”.

Você já se perguntou sobre ela é feita? Quais os ingredientes da salsicha e o que dá o sabor tão característico do produto?

Essas pergunta que vamos responder a seguir, mostrando, principalmente, como substituir esse item no cardápio.

Quais os principais ingredientes da salsicha animal?

Em uma análise superficial, é possível descobrir que a salsicha de origem animal é rica em sódio, gorduras, conter conservantes químicos e ser produzida a partir de carnes de baixa qualidade. Há uma considerável adição de sal e realçadores de sabor (glutamato monossódico) para que o produto tenha um tempo maior de vida. Sem contar que pode estar entre os ingredientes a carne de vaca ou de porco, sangue, entre outros.

Como substituir no cardápio?

A boa notícia para quem quer mudar a forma de se alimentar para ter mais qualidade de vida é possível encontrar a salsicha vegetal. E a Superbom já oferece esse substituto a mais de 50 anos.

Além de possuir um sabor agradável, esse “embutido vegetal” é recomendada não apenas para veganos e vegetarianos, mas sim ao público em geral e pode ser utilizado nas mesmas preparações que a salsicha de origem animal.

Tem como principal ingrediente o glúten de trigo e a proteína de soja. Entre seus benefícios podemos destacar a isenção de colesterol, por ser um produto produzido com ingredientes 100% vegetais, e é fonte de fibras, o que é excelente para o equilíbrio um terço quando comparada a salsicha animal, ou seja, para pessoas com problemas de hipertensão é uma excelente opção.

E as proteínas?

Quanto ao teor de proteínas, são muito similares as de origem animal, portanto a dieta não perde em nada o teor proteico tão necessário para nosso organismo.

Outro importante fator é que na salsicha vegetal não há conservantes químicos, normalmente maléficos à saúde. Portanto podemos ter uma substituição do produto com muitos benefícios para a saúde, conforme evidencia a tabela abaixo.

 

TABELA NUTRICIONAL COMPARATIVA
Salsicha AnimalPorção de 50g (1 unidade)Salsicha Vegetal
146Valor Calórico (kcal)54
1,5Carboidratos (g)2,2
6,3Proteínas (g)6,1
13Gorduras totais (g)2,4
4,2Gorduras saturadas (g)0,6
0Gorduras Trans. (g)0
18Colesterol (mg)0
0Fibra alimentar (g)3,1
575Sódio (mg)179

* % Valores diários com base em uma dieta de 2000kcal. Seus valores diários podem ser maiores ou menos dependendo de suas necessidades energéticas. Fonte: Valores nutricionais fornecidos por fabricantes dos produtos disponíveis em mercado.

 

As informações responderam alguma das suas dúvidas? Compartilhe esse post com seus amigos e deixe seu comentário se tiver mais alguma dúvida.

Sugestão Superbom

A Superbom possui um portfólio extenso de produtos substitutos da carne animal que são chamados de pratos vegetarianos. É possível encontra-los na versão com ou sem glúten, bem como uma linha pronta, sendo necessário apenas esquentar o produto.

Conheça nossa linha completa e mude seus hábitos alimentares. Tenha qualidade de vida em primeiro lugar!