É inegável que a carne tem um peso enorme no meio ambiente, por isso, diminuir o consumo de carne é tão importante. Sua produção gasta muito espaço, energia e água, além de contribuir para a produção de gases que contribuem para o efeito estufa. Além disso, a carne em excesso também pode fazer mal para a saúde das pessoas, contribuindo para o consumo de gorduras e com o risco de câncer. Portanto, para quem não quer lidar com estes problemas, confira como diminuir o consumo de carne de maneira saudável.

Não é preciso zerar

Mas, não é preciso acabar com o consumo de carne. Ao contrário dos vegetarianos ou veganos, que eliminam este tipo de alimento, apenas reduzir já é o suficiente para ter um grande impacto no meio ambiente.

Para a pessoa, reduzir o consumo de carne tem uma grande vantagem. É um processo mais flexível, que permite que o padrão seja adaptado para a rotina e até mesmo o gosto de quem o faz. Assim, é mais fácil seguir com o plano e não desistir.

Porém, uma preocupação é como fazer isso de maneira saudável.

Como fazer a transição de maneira saudável?

Uma pergunta é como fazer a substituição dos nutrientes da carne para as alternativas. O caminho ideal é sempre consultar um nutricionista para entender como esta substituição irá afetar a sua nutrição.

Também não é necessário fazer esta transição de uma vez. Se o seu objetivo final é comer carne uma ou duas vezes por semana, ao invés de todo dia, você pode ir diminuindo aos poucos até chegar ao seu objetivo final.

Outra opção é trocar por opções como o frango ou o burger vegano, que são muito próximos ao original, sendo uma ótima forma de substituí-lo. Quer conhecer mais sobre estes alimentos? Então acesse o site da Superbom e confira os produtos!

Fique atento aos nutrientes

Diminuir o consumo de carne significa a necessidade de substituir os nutrientes que este tipo de alimento provém.

proteína, é a maior preocupação, apesar de que não é difícil fazer esta substituição. A carne tem uma proteína que é mais fácil de absorver, além de naturalmente ter praticamente todos os aminoácidos.

Mas, isso não é tão difícil de substituir para quem pretende seguir uma dieta mista. Diversos vegetais são ricos em proteínas, e o consumo de sucos ricos em vitamina C ajudam na absorção deste nutriente. Porém, este é um bom exemplo da importância de consultar os nutricionistas.

Pode ser até um pouco contraditório, mas os vegetarianos, geralmente tem uma dieta mais nutritiva do que as pessoas que se alimentam com carne. Primeiramente, porque eles buscam se informar mais e se focar em alimentos mais saudáveis.

Por priorizar alimentos frescos, sustentáveis e orgânicos, acabam tendo uma dieta mais balanceada e nutritiva.

Mas, por exemplo, também existem pontos que precisam de um certo cuidado. vitamina B12 é a única substância que só é encontrada em meio animal, sendo necessária uma suplementação para garantir a quantidade suficiente na dieta.

É perfeitamente possível diminuir o consumo de carne e manter uma dieta tão, ou até mais, saudável. Além de contribuir para o meio ambiente esta dieta ainda pode trazer benefícios para a sua saúde.

Acesse o site da Quero Vida e Saúde e conheça mais dicas para ter uma vida e um planeta mais saudável!