Sabemos que as diversas qualidades de queijos agregam à sua composição valores nutricionais pouco ou nada saudáveis para o nosso corpo. Claro que, devido aos diversos tipos, cada queijo concentra particularidades que precisam receber atenção redobrada de quem os consome. Para que você fuja dos problemas, o blog da Superbom separou uma lista dos cinco queijos mais prejudiciais à saúde. Anote:

Parmesão: essa qualidade possui uma elevada quantidade de sódio. Para se ter uma ideia do exagero, apenas 30 gramas do produto possui 20% da necessidade diária de sódio. O consumo excessivo da propriedade gera doenças crônicas. Além dessa questão, é importante sublinhar que o parmesão é rico em gorduras saturadas, atuando na produção de colesterol ruim (LDL).

Gorgonzola: também concentra valores muito elevados de gordura e sódio. É considerado por muitos especialistas como o vilão dos queijos. Pesquisadores sugerem que uma porção de 50 gramas dessa variedade contém cerca de 30% da quantidade de gordura saturada recomendada para um dia.

 

Prato: Ele possui bons índices de proteína e cálcio, mas ainda assim, o usuário deve ter um cuidado redobrado, pois apresenta quantidades extremamente elevadas de sódio e gorduras saturadas.

Cheddar: Além de figurar também na lista dos que concentra porções elevadas de sódio, o consumo desse queijo favorece o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. É preciso dosar de forma mais equilibrada o produto em nossa dieta.

Mussarela: É uma qualidade rica em vitamina B12, mas agrega à sua composição elevada concentração de cálcio e gorduras. É necessário consumir de forma mais cautelosa, principalmente esse tipo que está mais presente na rotina brasileira.

Fonte: Bolsa de Mulher