Você gosta de praticar alguma atividade relacionada à arte — como, por exemplo, música, pintar, escrever poesias, fazer aulas de cerâmica ou artesanato?

Pois, saiba: se você não gosta, deveria! 

Associar práticas artísticas à vida é uma forma de beneficiar a sua saúde, tanto física quanto mental — trata-se da chamada arteterapia, que consiste no uso de recursos artísticos/visuais ou expressivos como elemento terapêutico.   

A seguir, confira alguns dos benefícios de inserir atividades artísticas na sua vida, bem como alguns exemplos dessas atividades que estão ao alcance de qualquer pessoa. Vamos lá?  

Como a arte contribui para a sua saúde e bem-estar 

Em setembro de 2015, o portal US News publicou o artigo “O poder das artes criativas em saúde e cura”, sobre o Healing Arts Program (Programa Arte Curadora, em tradução para o português) do Albert Einstein College of Medicine (EUA – New York).

 “O que a criatividade tem a ver com saúde, cura e bem-estar?”, questionou a publicação que, em seguida, respondeu: “Estudos mostram que envolver-se em qualquer processo criativo é importante para a saúde. Quer você faça um desenho simples ou uma colagem, olhe para a arte ou fale sobre ela, a criatividade e as artes podem ajudá-lo”.

Conforme o artigo, os pensamentos ou atividades artísticas, possibilitam:  

  • Expressar pensamentos e emoções que podem ser difíceis de serem ditos em palavras;
  • Diminuir o estresse e a ansiedade;
  • Relaxar, sentir-se mais calmo e mais feliz;
  • Conectar-se a si mesmo em um nível profundo, não importa o que esteja se passando;
  • Encontrar significado nas experiências de vida;
  • Lidar com a tristeza e a perda;
  • Formar novas conexões com outros (o que ajuda a aliviar a sensação de solidão e o isolamento);
  • Mudar seu foco para longe da dor ou pensamentos estressantes;
  • Criar algo único que lhe dê uma sensação de prazer e realização.

Vale ressaltar, no entanto, que os estudos sobre a relação entre arte, saúde e bem-estar não são poucos e já acontecem há anos. Em 2008, por exemplo, o artigo “Efeitos da expressão escrita em pacientes com dor crônica: significando a dor”, destacou a evolução de indivíduos que lidavam com situações de dor crônica. Conforme o estudo, eles conseguiram um controle maior da dor, bem como a redução da intensidade dela depois de expressarem sentimentos de raiva por escrito durante um período de nove semanas.

Um ano antes, em 2007, o estudo “Ouvir música para facilitar o relaxamento e promover o bem-estar: aspectos integrados de nossas respostas neurofisiológicas à música“, havia salientado a importância da música nesse contexto. De acordo com a pesquisa, quem ouvia música apresentava uma melhor resposta do sistema imunológico — isso porque ela estimulava o sistema límbico do cérebro e moderava a resposta a estímulos estressantes.

Outros benefícios da arte para a saúde e bem-estar são:

  • Estímulo à memória;
  • Aumento dos níveis de atenção; 
  • Desenvolvimento de novos talentos e habilidades.

Exemplos dessas atividades que estão ao alcance de qualquer pessoa

Vamos conhecer, a seguir, os benefícios de algumas manifestações artísticas tradicionais, já citadas acima — pintura, escrita, teatro.

Música

Ativa o centro de prazer do cérebro, liberando a dopamina, substância responsável pela sensação de bem-estar. Em outras palavras, a música acalma, relaxa e estimula a memória. Você pode aprender um instrumento que lhe agrade, fazer aulas de canto ou participar de um coral.

Pintura

Quem se dedica à pintura (que pode ser em tela, tecidos ou outras opções) desenvolve a concentração. Ao mesmo tempo relaxa e melhora a concentração.

Escrita

A escrita envolve atenção, percepção, memória. Quando escrevemos sobre nós mesmos, pode ser uma forma de expressar sentimentos, desabafar e entender melhor o que se passa em nosso interior. Ao criarmos histórias, exercitamos a imaginação, além de melhorar a linguagem.

Cerâmica

Ao usar as mãos para dar forma à argila, a pessoa não age de modo mecânico. Isso permite trabalhar a flexibilidade e liberar tensões, uma vez que durante o processo de criação, é preciso concentração na execução da tarefa.

Assim, ao menos nesse momento, a pessoa esquece de problemas e se concentra em criar uma peça. O resultado é a liberação do estresse, domínio motor, auto-expressão, interação lúdica, entre outros benefícios.

Existem outras modalidades que podem ser acrescentadas a essa lista. Encontre uma que lhe dê satisfação e experimente a sensação que só uma atividade artística pode proporcionar.

Se você gostou desse conteúdo, assine a newsletter da Superbom e saiba mais sobre saúde e bem-estar, e sobre como ter uma vida com mais qualidade!