Uma alimentação balanceada é capaz de fornecer todos os nutrientes de que nosso organismo necessita para funcionar adequadamente. É claro que resumido desta forma pode até parecer algo simples. Só que é preciso rigor para equilibrar a quantidade de nutrientes, como os sais minerais, no organismo. Por sinal, você conhece a importância do Zinco na alimentação?

Entre os minerais, ele é um dos mais importantes para a nossa saúde. É também um dos mais abundantes no corpo humano, ficando atrás somente do ferro. A substância se encontra principalmente em fígado, pâncreas, rins, músculos e ossos, podendo chegar à concentração de 3 g. O que mais precisamos salientar é que o Zinco se relaciona diretamente com a imunidade.

É por este motivo alimentos com zinco nos protege contra diversas condições de saúde. Além de tudo, a sua presença é importante para o combate àquelas doenças que já estão em andamento no corpo. Para evitar problemas, o ideal é manter um consumo diário entre 7 mg, para mulheres, e 9 mg, para homens. O papel e relevância deste sal mineral para a sua saúde você confere a seguir.

A importância do Zinco na alimentação: entenda o papel que o mineral desempenha na sua imunidade

O zinco atua na síntese de células imunológicas e desempenha um papel importante quando o organismo precisa combater infecções. Sem a quantidade adequada deste sal mineral no organismo, bactérias, vírus e fungos tendem a causar problemas mais facilmente. Para se ter uma ideia da relação que a substância tem com a imunidade, ela pode ser uma aliada contra a pneumonia.

A presença de Zinco no organismo acelera a recuperação até mesmo em casos severos. Além disto, ele inibe a resistência aos antibióticos.

Para saber mais a respeito de pneumonia e tuberculose, confira este vídeo do Canal Vida & Saúde. Se você está em busca de uma alimentação saudável e balanceada, descubra onde comprar os produtos Superbom.

Também é importante lembrar a ação antioxidante que o mineral possui – ou seja, a capacidade de combater os radicais livres. Não menos importante é que existem pelo menos 100 enzimas que dependem da substância para desempenhar suas reações químicas. Como você pode ver, o Zinco tem grande impacto sobre o funcionamento do organismo humano.

Ele é fundamental para a nutrição infantil

Se para os adultos o mineral desempenha funções de grande importância, para os pequenos ele é ainda mais necessário. Vimos que o Zinco combate a pneumonia. Pois saiba que ela é uma das principais causas de morte infantil segundo a OMS. A razão para isto está no sistema imunológico infantil, mais delicado que o adulto.

Uma vez que doenças perigosas paras as crianças como pneumonia e diarreia estão relacionadas à falta de alimentos com zinco no dia a dia, a importância desse mineral na alimentação infantil tem caráter preventivo. É recomendável inclusive que as mães durante a gestação busquem aumentar a substância na sua dieta.

Neste caso é necessário ingerir uma quantidade de 11 miligramas diárias. Assim diminuem os riscos de que infecções uterinas prejudiquem o desenvolvimento do bebê. Outro detalhe importante a este respeito é que o zinco pode auxiliar a segurar o bebê até a 40ª semana. É neste momento em que ele estará realmente pronto para vir ao mundo.

Ação preventiva contra diversos males

Antes de encerrar, é importante lembrar o papel do Zinco no combate às doenças sistêmicas. É o que ocorre no caso da diabetes, já que o Zinco se relaciona com as reservas de insulina do organismo.

A importância de consumir alimentos com zinco também poderá ser sentida em termos de cicatrização e saúde do sistema cardiovascular. Existem até mesmo estudos que apontam a sua capacidade de combater o Alzheimer. Para incluir o mineral na sua dieta aposte em feijão, semente de abóbora, nozes, castanhas, leite, iogurte, queijo e pães integrais.

E por falar em pães, você conhece a relação entre fibras, zinco e a sua saúde? Confira neste artigo por que comer fibras é importante!