A concepção de que comer com saúde é essencial para garantir mais qualidade de vida já não é segredo. E para que a rotina do dia a dia se mantenha equilibrada, não podemos subestimar a importância dos carboidratos

Erroneamente vistos como vilões, eles constituem, na verdade, um dos principais grupos alimentares. Os carboidratos são macronutrientes que fornecem energia e uma série de componentes básicos ao bom desenvolvimento e à manutenção das funções do organismo. É por isso que eles não são inimigos. Pelo contrário: são excelentes aliados quando consumidos de forma correta. 

Para que você entenda melhor o papel desse grupo na alimentação saudável, acompanhe este post. Vamos mostrar a função dos carboidratos, os motivos para consumi-los e, ainda, boas fontes desses macronutrientes. 

A função dos carboidratos no organismo

A importância dos carboidratos é tanta para a nossa saúde que eles formam a base da nossa alimentação. Constituídos por moléculas de carbono, oxigênio e hidrogênio, esses macronutrientes são as nossas principais fontes energéticas, abastecendo o sistema nervoso central, mantendo o bem-estar do cérebro e dando aquele gás para os nossos membros. 

A importância dos carboidratos para a saúde

Se você já fez alguma dieta radical, ou, então, conviveu com alguém que passou por um processo desse tipo, sabe que os carboidratos estão entre os grupos alimentares mais riscados do cardápio. O motivo disso é que a ingestão desequilibrada de fontes energéticas geralmente é a culpada pelo aumento de peso, aqueles famosos “quilinhos a mais” sobre os quais muito se fala por aí.

Porém, como já vimos, os carboidratos regulam funções básicas do corpo e, além de serem amigos de uma alimentação balanceada, também são importantíssimos, inclusive, para quem quer emagrecer com saúde.

Já a falta de consumo adequado pode representar vários problemas. A escassez de carboidratos causa desde mau hálito, tonturas, dores de cabeça e cansaço físico até alterações de humor. Além disso, provoca a irregularidade na síntese das proteínas, já que, sem esses macronutrientes, o corpo precisa encontrar outra fonte de energia para a sua manutenção.

Os tipos diferentes de carboidratos

Para uma boa alimentação, é necessário estabelecer prioridades, e escolher o tipo de carboidrato é uma das questões fundamentais. Existem dois grandes grupos, os simples e os complexos, como você verá a seguir:

Carboidratos simples

São aqueles que têm apenas um ou dois açúcares em sua composição, apresentando estrutura química curta e, portanto, sendo metabolizados rapidamente pelo corpo, causando explosões de energia. 

Esse processo gera picos de glicemia no organismo, levando ao conhecido “efeito rebote”: tão logo ocorre a metabolização, o corpo sente falta de energia, e isso causa uma sensação de fome, que pode motivar uma ingestão excessiva de carboidratos. Como resultado, consumimos calorias desnecessárias, que se transformam em gorduras. 

Carboidratos complexos

Integram os alimentos formados por três ou mais açúcares, com estrutura mais longa, o que favorece um processo metabólico equilibrado. Desse modo, estimulam uma digestão mais lenta, que atua no transporte de energia pelo corpo de forma gradual. 

Assim, os carboidratos complexos não geram um pico glicêmico, auxiliando o organismo a entender a sensação de saciedade, o que evita uma ingestão desmedida de calorias. Além disso, os alimentos desse grupo são bem mais nutritivos, oferecendo fibras, vitaminas e minerais.

A hora de montar refeições saudáveis com carboidratos

Como já vimos até aqui, uma alimentação equilibrada demanda o consumo de carboidratos. Porém, para que esse grupo alimentar cumpra a sua função reguladora e não cause problemas de saúde relacionados ao seu excesso, como obesidade e doenças cardiovasculares, é essencial fazer uma ingestão correta e dar preferência aos carboidratos bons, ou seja, os complexos. 

Então, fuja do arroz branco, de farinhas e açúcares refinados, dos refrigerantes, dos biscoitos e das bolachinhas. Na hora de organizar as suas refeições, escolha produtos integrais, como pães, arrozes e massas, e também invista em alimentos nutritivos e cheios de vitaminas, como o farelo de aveia, a batata-doce e a lentilha.

E aí, gostou das informações sobre a importância dos carboidratos para o organismo? Quer receber mais dicas para cuidar da sua alimentação? Assine a nossa newsletter!