A ausência de carne na alimentação é uma tendência nos dias de hoje. Seja por motivos de saúde ou ideologia, as pessoas têm optado por dietas alternativas, buscando hábitos mais sustentáveis e gentis com os animais. Um dos desafios dos adeptos desse estilo de vida é encontrar alimentos para a substituição.

A dieta onívora comum é rica em proteína, presente nas carnes, ovos, leite e outros produtos de origem animal. Entretanto, eles não são a única fonte de proteína disponível na natureza. A seguir, você verá 4 dicas de saborosos alimentos para substituir a carne com qualidade de vida.

1. Soja

Esse “grão mágico” é considerado o principal alimento para substituir as proteínas de origem animal. Composta por aproximadamente 45% de proteína, a soja e seus derivados são suficientemente versáteis para compor a base de uma alimentação que se abstém de carne.

A soja é uma rica fonte de vitaminas: A, C, D, E, B2 e B6. Nela, também encontramos alguns minerais como zinco e cálcio.

2. Carne vegetal

Versátil e fácil de preparar, a carne vegetal pode compor a base proteica da dieta de vegetarianos e veganos. Entretanto, é necessário estar atento em relação aos outros nutrientes que serão encontrados nos demais vegetais.

A Superbom oferece uma linha de pratos vegetarianos especiais para quem escolheu uma vida mais saudável. Além da carne vegetal, temos salsicha vegetal e bife vegetal, feitos à base de soja e trigo, além de uma linha sem glúten.

3. Sementes e castanha

São as denominadas oleaginosas, assim chamadas devido ao alto teor de lipídeos encontrado em sua composição. O alto teor proteico das nozes, castanhas e amêndoas é notável e também proporcional à gordura presente nelas. Por isso, esteja atento à quantidade que você consome, a fim de não prejudicar outras funções do seu organismo.

O destaque vai para a semente de chia, que, além de rica em ômega 3, fornece uma grande quantidade de proteínas. Acrescente também linhaça aos pães e panquecas para completar o quadro das mais diversas proteínas presentes nessas sementes.

4. Feijão e lentilhas

Lembrados geralmente como excelentes fontes de ferro, grãos como feijão e lentilhas também apresentam altas taxas de proteínas, tão ricas quanto as proteínas animais. O feijão já está presente no cotidiano brasileiro, então fica fácil manter uma quantidade razoável de proteína sem carne. É só incrementar outros alimentos para chegar ao ideal para o seu organismo.

Embora menos populares, as lentilhas possuem uma proporção de ferro superior à do feijão, mantendo mais ou menos um equilíbrio no que diz respeito à presença de proteínas. Então você pode arriscar receitas diferentes e variar seu cardápio. Quem disse que a dieta sem carne não tem variedade?

Essas são algumas dicas de alimentos que podem suprir a carência de proteínas para uma dieta que se abstém de carnes e outros produtos de origem animal. Entretanto, para saber exatamente o que melhor atende à demanda do seu corpo, é aconselhável buscar a orientação de um nutricionista.

Ficou interessado em adotar esse estilo de vida e experimentar novos sabores? A Superbom tem uma linha toda de alimentos para substituir a carne no seu dia a dia. Entre em contato conosco!