O nosso quadro especial que tenta desmitificar o comprovado do que é somente crendice popular está de volta e hoje traz uma das questões mais polêmicas e faladas que costumemos ouvir em reuniões populares: beber qualquer líquido nas refeições faz com que a barriga cresça. Será que isso é verdade? Se formos levar em consideração o conhecimento da vizinha, o alerta da avó e as repreensões maternas, certamente essa já é uma questão irrefutável, mas, muita calma… precisamos ponderar a veracidade científica.

Por mais inacreditável que pareça, essa é uma questão completamente descartada por especialistas da área. Eles são categóricos ao afirmar que não há relação direta do consumo de líquidos nas refeições com o crescimento daquela pancinha indesejada.

Sucos

O que acontece, na verdade, é que, ao você ingerir muito líquido, o estômago vai dilatar. Isso faz com que a pessoa coma um pouco mais, ocasionando um ganho de peso, mas não se pode afirmar que a saliência abdominal esteja relacionada a essa prática. Mas isso não quer dizer que a partir de agora está liberado o suquinho no almoço. Pelo contrário, continua aceso o sinal vermelho para quem se utiliza dessa prática, pois a absorção adequada de nutrientes pode ser afetada pela combinação que não costuma dar muito certo. Propriedades como minerais e vitaminas muitas vezes são mal absorvidos pelo corpo.

Tudo isso gera alguns desconfortos como a fermentação de carboidratos, o que potencializa a formação de gases, o que, naturalmente, favorece a sensação de uma barriga maior. E voltando a falar em barriga, saiba que para você não conquistar aquela pancinha dispensável, não há muito segredo: alimentação adequada, exercícios físicos e moderação. Esses três atributos devem sempre estar lado a lado em sua rotina para que se tenha um equilíbrio no corpo, mente e espírito.

Fonte: Vya Estelar