É dia de desvendar os mitos e verdades conhecidos pela população, mas que, nem sempre, tem comprovação científica ou acadêmica sobre o assunto. Hoje vamos falar de refrigerantes. Nós já conhecemos muito bem alguns dos seus malefícios para a saúde como, por exemplo, a quantidade exagerada de conservantes, açúcares e corantes.

Os sabores “naturais” muitas vezes enganam as pessoas e levam com que os consumidores pensem que estão, de fato, tomando muitas propriedades positivas de frutas como a uva, laranja, limão e o guaraná ao consumirem o produto. Mas isso é um mito. Com relação às bebidas à base de cola, um dos mais famosos sabores de refrigerante do mundo, as histórias e conspirações no entorno  dos seus malefícios ainda são maiores.

afinal-refrigerante-faz-mal

Claro que muitos deles já foram comprovados, mas outros, mesmo com diversos indícios, ainda não têm aval científico sobre a questão. Hoje vamos escolher uma dessas afirmações para diagnosticar se esse tipo de bebida faz ou não faz mal para os ossos. Estudiosos constataram que esses produtos possuem uma grande quantidade de fosfato que, quando encontram o lúmen intestinal podem formar cristais insolúveis, issofaz com que o órgão diminua a absorção do mineral e, consequentemente, reduza a absorção do cálcio, propriedade tão necessária para os nossos ossos.

Por isso, especialistas recomendam que seja descartado ou, pelo menos, evitado ao máximo a ingestão dessas bebidas que, além desse, traz inúmeros outros males aos seus consumidores. O suco é a melhor opção por conservar os nutrientes das frutas e possuir inúmeros componentes capazes de melhorar a saúde e o condicionamento corporal de quem o utiliza. Podemos concluir então que a sentença “refrigerante de cola faz mal para os ossos” é uma grande  e perigosa verdade.

Fonte: Terra