Os veganos são pessoas que adotaram um estilo de vida no qual buscam excluir todos os alimentos (carnes, laticínios, ovos e mel) e itens de vestuário (lãs, seda, roupas de couro) de origem animal, além de cosméticos que sejam testados em animais. Eles lutam contra qualquer tipo de exploração animal, seja para fins alimentícios ou para outros usos.

Pessoas que praticam o veganismo, ao contrário do que muitos pensam, têm uma alimentação variada e muito rica em nutrientes. A lista de itens aceitos no cardápio vegano é enorme, como castanhas, legumes, hortaliças, grãos, frutas, entre outros.

Neste post vamos mostrar quais são as principais fontes de alimento que fazem parte da vida de um vegano, para colocar fim ao mito de que os adeptos desse estilo de vida não têm uma alimentação diferenciada, balanceada e saudável.

Chia

As sementes de chia são ricas em proteína e podem ser consumidas batidas no suco, em cima de saladas ou junto de cereais. Com apenas 2 colheres de sopa você pode reforçar sua refeição com uma fonte de proteína natural bem poderosa. Quem precisa dar um up na força e na resistência, esse é um bom aliado. Muitas pessoas também usam as sementes de chia para preparar pudins e compotas, pois elas são altamente mucilaginosas.

Leite vegetal

Os leites vegetais também são uma importante fonte de alimento para os veganos. Eles contêm baixo teor de gordura, não têm lactose, não precisam ser adoçados, concentram um alto teor de vitamina B e podem ser feitos com uma infinidade de grãos (como a soja, a aveia e as amêndoas). Alguns apresentam um sabor mais neutro e são ótimos para bater com frutas, já outros têm sabores deliciosos e servem para tomar puro!

Tofu

Esse é o mais famoso substituto do queijo para os veganos. Fonte de muita proteína (cerca de 15g para cada meia xícara), o tofu é bem versátil e você pode consumí-lo como queijo, em sopas, em saladas, entre outras inúmeras possibilidades. É um alimento altamente nutritivo, de sabor neutro e que tem o poder de equilibrar importantes funções orgânicas.

Grão de bico

Essa é uma das melhores fontes de proteína dentro do reino vegetal — a cada 100g de grão de bico, 20g são proteínas! É uma leguminosa muito versátil, podendo ser consumida como purê, farinha, assada, cozida, enfim, da maneira que seu paladar preferir. Além disso, também é um alimento rico em magnésio e potássio.

Manteiga de nozes

Todas as manteigas preparadas à base de nozes, amêndoas ou amendoim são uma boa opção para substituir a manteiga comum, mas é preciso cuidado com os excessos, pois são cheias de calorias. Essas nozes e castanhas são parte valiosa de uma rotina baseada em vegetais, pois contém gorduras e proteínas saudáveis.

Vegetais verdes

Rúcula, agrião, couve, espinafre, brócolis, são só alguns exemplos de vegetais que são fontes de ferro. Para que o ferro encontrado nesses alimentos seja melhor absorvido pelo organismo, aconselha-se o consumo de uma origem de vitamina C em conjunto, como um suco de frutas cítricas.

Cereais

Arroz, aveia, cevada, centeio e quinoa são alguns dos cereais mais conhecidos e consumidos. Eles são fontes de fibras, carboidratos, minerais e vitaminas, portanto, não podem ser deixados de fora de uma alimentação balanceada. Além disso, os cereais são de fácil preparo e fornecem energia para o bom funcionamento das células.

A escolha de adotar um estilo de vida vegano é totalmente pessoal, mas tem um alto impacto sustentável em nosso planeta, afinal, os recursos que são gastos para a criação de animais são altos, assim como o impacto da atividade no meio ambiente.

Quer saber mais sobre o veganismo? Assine a nossa newsletter! Assim, você ficará por dentro de receitas, dicas de alimentação e afins.