Foi para homenagear o trabalho de Oswaldo Cruz que foi estabelecido o Dia Nacional da Saúde. Ele foi um grande nome da saúde pública e principal responsável pelas erradicações de perigosas epidemias, reforçando a necessidade de aprimoramento contínuo dos sistemas de informação para que as ações de saúde sejam eficientes, efetivas e justas.

A data também tem como objetivo conscientizar a sociedade brasileira sobre a importância da educação sanitária.

No início do século XX, as grandes enfermidades que acometiam a população brasileira eram as doenças infecciosas, principalmente a febre amarela e o cólera. Quase 100 anos após a morte de Oswaldo Cruz, o panorama sanitário brasileiro teve grandes mudanças, especialmente na cidade do Rio de Janeiro onde o eminente sanitarista viveu a maior parte de sua vida.

Agora, como conscientizar nossa comunidade sobre a necessidade de zelar pela saúde própria e do ambiente?

Dia Nacional da Saúde de forma prática

É importante se interessar pela saúde do seu próprio corpo. Algumas práticas podem ajudar, e elas não dependem de médico, dentista ou educador sanitário. Essas práticas começam com decisões simples como lavar as mãos antes das refeições, escovar os dentes após as refeições,  preocupar-se com a limpeza e asseio das roupas.

Essas práticas não precisam ser um fardo. Tenha prazer em desenvolver bons hábitos que geram conforto e prazer à vida. Transforme a atividade de higiene um momento de lazer. Isso pode ser muito bem associado aos cuidados com a natureza. Se nos preocupamos tanto em cuidar do nosso corpo, por que não cuidar também dos jardins, praias, rios, de casa, do nosso ambiente de trabalho.

Conceitos importantes para serem aplicados no dia a dia: jogar o lixo no lixo ou não deixe o meio ambiente poluído.

Quem é que não gosta de viver em um ambiente limpinho?

Fonte: 
http://www.grupocoi.com.br/
http://educador.brasilescola.uol.com.br/