Você já ouviu falar em alimentação plant based? A dieta, que vem conquistando cada vez mais adeptos no país, baseada em uma alimentação natural, que prioriza os orgânicos e é minimamente processada.

Embora o termo esteja se tornando cada vez mais conhecido, ele ainda provoca uma série de dúvidas. Afinal, quais são os benefícios de aderir à alimentação plant based? Será que essa dieta pode provocar carências nutricionais?

Para responder essas e outras dúvidas, preparamos o artigo de hoje. Nele, você vai entender um pouco mais sobre a plant based e conhecer dicas para quem quer aderir à dieta. Acompanhe a leitura!

Afinal, o que é alimentação plant based?

A alimentação plant based é baseada no consumo de alimentos vegetais, integrais ou minimamente processados, com prioridade dos orgânicos.

A plant based exclui alimentos de origem animal e seus derivados, como carnes, ovos, queijos e leite. No entanto, suas principais características são a preocupação com a qualidade nutricional dos alimentos e com a sustentabilidade, a priorização da saúde e o respeito ao meio ambiente.

O estilo de vida propõe o retorno a uma alimentação simples, nutritiva, consciente e colorida, focada em produtos com alta densidade nutricional e que busque aproveitar o alimento de maneira integral, evitando, quando possível, o descarte de caules, cascas e raízes.

O que comer na plant based?

Apesar do nome, a alimentação plant based não se restringe aos vegetais folhosos. Os adeptos da dieta também incluem em sua alimentação:

  • frutas, verduras e legumes de todos os tipos;

  • cereais integrais, como quinoa, arroz, aveia, milho, cevada, trigo e painço;

  • leguminosas, como feijão, grão de bico, lentilha e ervilha;

  • sementes diversas, como de abóbora, gergelim e girassol;

  • cogumelos;

  • oleaginosas de todos os tipos: castanhas, amêndoas, pistache e nozes.

Além disso, os adeptos da plant based também evitam consumir produtos refinados, excessivamente processados, ou repletos de corantes, conservantes e aromatizantes.

O objetivo é buscar ingerir alimentos o mais próximo possível da maneira como eles se encontram na natureza, a chamada comida de verdade. Atitudes que estimulem o consumo consciente, como cozinhar mais e comprar de pequenos produtores locais também são estimuladas.

Quais são os principais benefícios da plant based?

Por priorizar alimentos pouco processados e de alta densidade nutricional, a plant based traz uma série de benefícios à saúde dos seus seguidores. Saiba mais!

  • Ajuda a prevenir doenças crônicas, como cardiopatias, diabetes, hipertensão, obesidade e até mesmo alguns tipos de câncer, enfermidades muitas vezes relacionadas à dietas com baixa ingestão de fibras e maior consumo de alimentos ultraprocessados;

  • Como costumam ingerir muito mais verduras e legumes do que adeptos de outras dietas, os seguidores da plant based estão mais protegidos contra doenças inflamatórias e o envelhecimento precoce, já que esses alimentos possuem altos níveis de antioxidantes.

A alimentação plant based pode me deixar com alguma carência nutricional?

Não é incomum imaginar que dietas que não incluam o consumo de carne possam provocar deficiências nutricionais. No entanto, isso não acontece quando você opta por uma alimentação variada e nutritiva.

O ferro, por exemplo, pode ser obtido por meio da ingestão de folhas verde-escuras e leguminosas. O nutriente é ainda melhor absorvido na presença de fontes de vitamina C, como acerola, tangerina, laranja, pimentão, couve, brócolis e mostarda.

Já o cálcio pode ter sua ingestão diária atingida por meio do consumo tanto de folhas verde-escuras quanto de oleaginosas, sementes e leguminosas.

A vitamina B12, presente exclusivamente em alimentos de origem animal, precisa ser monitorada e, se for o caso, suplementada. No entanto, é importante lembrar que a deficiência de B12 pode acontecer inclusive entre não-vegetarianos, e que exames médicos de rotina devem ser realizados por adeptos de qualquer estilo de vida.

Quer aderir à plant based? Conheça algumas sugestões!

Ficou animado com a plant based e com os benefícios que ela pode trazer para a sua saúde? Se você deseja aderir à dieta, é importante lembrar que a criatividade é uma das suas principais aliadas na elaboração de pratos coloridos, nutritivos e saudáveis. Veja nossas dicas!

  • Se você está fazendo a transição para o vegetarianismo agora, o ideal é buscar opções saudáveis, mas com alimentos que lhe tragam prazer, evitando mudanças muito radicais. Você pode investir por exemplo, em batatas e outras raízes preparadas com molho de leite vegetal e uma salada variada e colorida;

  • Seu principal problema é com aquela fome fora de hora? Aposte em mix de oleaginosas como castanhas, nozes e pistaches, salada de fruta com chia e canela ou espetinhos de legumes;

  • No café da manhã, uma ótima ideia para substituir o tradicional pão com manteiga é a tapioca com queijo vegano, acompanhada de frutas variadas e granola;

Gostou de saber mais sobre a alimentação plant based e quer mais dicas para cardápios práticos e nutritivos, assine a nossa newsletter!