Com o avanço da idade os cuidados alimentares devem ser primordiais

A boa alimentação é um dos fatores principais para manter a saúde e chegar de forma positiva a terceira idade. Mas ao chegar a essa fase da vida os cuidados devem dobrar, pois os riscos de desenvolver complicações de saúde aumentam.

Para ter uma saúde livre do males ao longo da terceira idade, o idoso deve ter uma alimentação completa, variada e muito bem balanceada, que deve  incluir todos os grupos de alimentos e ingerir as porções recomendadas de cada um deles. Assim é possível ter a presença de todos os nutrientes e vitaminas necessárias para essa fase da vida.

Muitas pessoas que chegam a terceira idade, sofrem com as dificuldades de mastigação e má digestão, para evitar esses problemas devem ser feitas refeições saudáveis, saborosas e que sejam fáceis de mastigar e digerir, dessa forma, é possível se sentir melhor ao longo do dia.

As necessidades calóricas diminuem para os idosos, na alimentação deles deve ser incluídos alimentos que possuam baixo teor calórico e que sejam ricos em proteínas, vitaminas e sais minerais. Vale lembrar que durante o processo de envelhecimento, é muito importante que a pessoa mantenha um peso saudável. Dessa forma se evita o excesso de gordura corporal e as complicações de saúde que estão associadas a ele.

as frutas são importantes na terceira idadeLeia também:

Tudo sobre nutrição na terceira idade

A importância dos exercícios físicos na terceira idade

Cuidados básicos com o sono na terceira idade

Os idosos tendem a sofrer com a baixa capacidade sensorial, devido o avanço da idade. Assim como a diminuição da sensibilidade das pupilas gustativas, o que pode levar a pessoa a preferir os alimentos mais doces, fazendo com que cresça a ingestão de alimentos com mais açúcar, isso aumenta o risco de diabetes. Em alguns casos é possível que o paladar prefira alimentos mais salgados, o que pode levar a complicações de saúde, como a hipertensão, por isso deve haver um balanço rigoroso na alimentação.
A visão e o olfato também sofrem alterações na terceira idade, onde o idoso pode passar a preferir comidas com cheiro mais forte. Mas esse fator também pode levá-lo a perder o apetite, por isso é preciso que tenha sempre alguém cuidando para que o idoso não fique sem se alimentar adequadamente e que auxilie nos horários a serem seguidos para uma boa rotina alimentar.

Seguindo esses cuidados, a vida do idoso se torna mais saudável e prazerosa, o paladar agradece e a saúde também.