A variedade de cores nas refeições não é algo somente atrativo. É uma realidade que pode representar a quantidade de nutrientes, vitaminas e antioxidantes específicos encontrados em cada vegetal. Esses componentes podem auxiliar de alguma forma determinado órgão ou mecanismo do corpo.Por isso, muitos especialistas consideram que as cores são vista como fundamentais para a saúde, pois atuam contra a ação dos radicais livres, além de fortalecerem o sistema de defesa, a flora intestinal e, ainda, são capazes de prevenir doenças como câncer, diabetes tipo 2, hipertensão e problemas cardíacos.

Os que consomem uma quantidade generosa de diversidades de frutas, verduras e legumes, reduzem os riscos de desenvolverem doenças do gênero, pois as cores dos alimentos mostram potencialidades capazes de garantir uma melhora no corpo de quem os utiliza.

Arco-íris da saúde

Mas os cientistas garantem também que não são apenas os órgãos internos preservados, o alaranjado da cenoura ou os tons mais amarelos da manga podem deixar a pele mais bonita e saudável, o cabelo sedoso e o humor nas alturas. Cada cor indica uma predominância de algum componente importante para o nosso corpo.

O amarelo e o alaranjado, como mencionamos anteriormente, apontama presença de betacaroteno e vitamina C (capazes de fortalecer o sistema imunológico). Os avermelhados, como o tomate, possuem o licopeno (que pode prevenir alguns tipos de câncer como o de próstata).

Mesmo sabendo sobre essas importantíssimas informações, as pessoas ainda são incapazes de incrementar na alimentação esses compostos tão importantes para o corpo, preferindo a utilização de refeições carregadas de biscoitos, salgadinhos, sucos artificiais, balas, sorvetes, iogurtes e muitas outras possibilidades de comida destrutiva.

O aconselhado mesmo é caprichar na variedade de cores, sabores e qualidades no que diz respeito aos vegetais que a natureza nos deixa disponível. Sendo assim, você estará garantindo que sua saúde seja poupada de diversos problemas no futuro.

Fonte: Revista Vegetarianos