As escolhas que fazemos no nosso dia-a-dia determinam a nossa saúde e particularmente a saúde do coração. Os alimentos que ingerimos são o nosso combustível e uma seleção bem adequada, permite que o nosso “motor” (corpo), esteja bem para trabalhar de forma mais saudável.

Fazer atividade física regularmente é uma das maneiras de manter o coração saudável, já que exercitando o músculo cardíaco, ajuda a perde peso e melhora a pressão arterial. Porém, não se iluda achando que o exercício isolado é o suficiente na prevenção de problemas, por isso, é fundamental ainda ter uma alimentação balanceada com escolhas certas de alimentos.

O Tomate tem licopeno, antioxidante que ajuda na limpeza das artérias e também as fibras que reduzem o colesterol e ainda ajudam na prevenção do câncer, melhorando o funcionamento do intestino.

O Azeite extra virgem, aumenta o colesterol bom (HDL), pois, possui antioxidantes que combatem os radicais livres, prevenindo doenças degenerativas, especialmente doenças cardíacas. Ingerir 1 colher de chá de azeite extra virgem por dia, pode ser como tempero de saladas cruas ou no pão.

Framboesas, morangos, amoras e outras frutas vermelhas, além de serem muito procuradas pelo seu sabor diferenciado, elas podem te ajudar a prevenir doenças do coração. São frutas anti-inflamatórias que reduzem o risco de doenças cardíacas e o câncer.

Da família das oleaginosas, as nozes é um ótimo combatente para evitar alguma complicação no coração, cheio de Ômega-3, junto com amêndoas são carregados de gordura mono e poli-insaturada, além de possuírem maia fibras e grande fonte de gordura saudável.

Algo que muitos não sabem, é que a uva passa é um ótimo ajudante. Pode ajudar a proteger sua gengiva e o coração. Uma pesquisa revelou que os antioxidantes presentes nas passas, combatem o crescimento de uma espécie de bactéria que pode causar inflamação e outras doenças na gengiva. Além disso, constatou-se que pessoas com problemas na gengiva, são 50% propensas a desenvolver doenças cardíacas.

São pequenas alterações de hábitos alimentares, mas que têm um impacto significativo na sua saúde. Mude sua alimentação e dê mais vida ao seu coração!

Por: Tainá Macedo