Chegamos à penúltima publicação da série sobre os alimentos que auxiliam os praticantes de esportes. Já falamos sobre a banana e o azeite. Hoje nós vamos diversificar para outro tipo de vegetal que é muito rico em várias propriedades e facilmente encontrado em supermercados e lojas de produtos naturais. A aveia possui carboidrato de baixo índice glicêmico, ou seja, demora mais para virar glicose no sangue e evita, consequentemente, o acúmulo de gordura.

A substância é rica em energia, fibras (o que faz melhorar o funcionamento do intestino), vitaminas e minerais. Tem uma capacidade muito interessante de potencializar os nutrientes quando combinado com outros ingredientes. Além disso, o cereal faz com que alguns produtos fiquem mais saudáveis. Bolos, panquecas, omeletes, sopas etc., são exemplos.

Um fator que ajuda muito o desenvolvimento do hábito de comer frutas é fazer mix com várias opções e colocar a aveia junto, já que dificilmente o produto é consumido sem estar acompanhado. A banana (mencionada no post de segunda-feira) é uma excelente opção e pode ser degustada de forma amassada ou ainda cortada em rodelas. O cereal deixa os preparados naturais com um gosto mais agradável e, de um ângulo nutricional, enriquecido.

A recomendação é a de que a utilização seja frequente. Os momentos mais adequados para o esportista fazer o consumo do produto é antes do treino ou ao deitar. Nessas duas opções o efeito da energia produzida pela ingestão da aveia será mais prolongado. A utilização pode ser realizada, inclusive, na hora do almoço, misturando o cereal junto com a comida. A questão é tentar de alguma forma adicionar o ingrediente à sua rotina para que o seu exercício diário tenha um efeito mais efetivo, aproveitando as poderosas propriedades da aveia. Amanhã vamos conhecer o último “atleta” da nossa série, por isso fique atento ao blog da Superbom.

Aveia é o cereal da energia